Os nossos livros

Maria Keil

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
junho de 2021

Este livro foi editado com o apoio da Câmara Municipal de Silves.

Maria Keil vive muitos anos, sempre doce e delicada como o queijo de figo da casa de Silves. Observa o mundo com os seus olhos de gato e oferece-o com elegância e simplicidade. Há mistérios que não se traduzem por palavras. A magia fica na arte.

Comprar

Júlio Pomar

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
novembro de 2020

Livro publicado com o apoio do Atelier-Museu Júlio Pomar / EGEAC

Júlio Pomar pinta vários quadros ao mesmo tempo. Por vezes, junta papel e outros objetos, deixando na tela a vida de todos os dias. Da mesmo forma que a nossa cabeça consegue imaginar coisas mirabulantes, a arte pode criar os encontros mais estranhos. O que faz um guarda-chuva quando vê um tigre?

Comprar

Os pés de Iria

Texto: Luís Mourão
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
Edição: Barca do Inferno / Câmara Municipal de Leiria

Iria rumou à Torre de Menagem, mesmo lá no cimo do Castelo de Leiria. Correu para o andaime do pai e acenou-lhe lá para cima. "Espera aí", gritou-lhe o pai. E ela esperou. "Leva um recado à tua mãe. Diz-lhe que vem aí trabalho para mais tempo que ela vai ficar contente. Vai-te embora e diz-lhe". Iria acenou que sim com muita força e começou a correr por ali abaixo. Se tinha perguntas a fazer, guardou-as todas para si. Passada a Porta da Albacara começou a saltar quintais a corta-mato. Contornava as favas e os nabos, mergulhava nas couves e pisava as cebolas. "Eh, diabo!" diziam alguns de punho erguido, mas Iria não parava, corria mais. No meio de tanta correria ia matando uma galinha não tivesse ela esvoaçado mesmo a tempo...

À venda no Museu de Leiria e m|i|mo - museu da imagem em movimento.

Alberto Carneiro

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
novembro de 2019

Este livro foi publicado com o apoio da Câmara Municipal de Santo Tirso.

Alberto Carneiro sente as árvores de uma forma especial e, por isso, procura insistentemente a essência de cada uma. Como as pessoas, as árvores nunca se revelam completamente, mas o escultor continua a procurar, porque sabe que aquilo que é fundamental é invisível aos olhos.

Comprar

Ângelo de Sousa

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
novembro de 2019

Este livro foi escrito com uma Bolsa de Criação Literária atribuída pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas / Ministério da Cultura

Tudo se passa assim: Ângelo observa qualquer coisa no papel e repete com a mão o que vê com a cabeça. O que surge na folha sugere-lhe outra coisa, que a mão continua a acompanhar. O desenho vai-se construindo e descobrindo até que o artista deixa de ver, ou melhor, vê que nada pode acrescentar. E pronto, está pronto.

Comprar

Leiria Medieval

uma vila de mouros, judeus e cristãos

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
Edição: Barca do Inferno / Câmara Municipal de Leiria

É Leiria, mas noutra qualquer vila em Portugal não será muito diferente. Hoje é um dia invulgar, o rei e a rainha estão por cá de passagem. Há um grande alvoroço. Entusiasmo assim só pode ser pela sua chegada, pensam. Mas enganam-se... os reis também se enganam, mesmo que raramente o admitam. A confusão instalou-se por causa de Maria de Jesus, a mulher que acaba de anunciar que os seus olhos veem coisas que os outros não veem e que ouve vozes vindas do céu! Todos se reunem na entrada da Igreja de Santa Maria da Pena, junto à Torre de Menagem, onde o bispo cantará a missa por ser uma ocasião especial. Não pela revelação de Maria de Jesus, mas porque estão em Leiria o rei e a rainha. Isto só pode ser feitiçaria dos judeus que vivem na vila baixa, comentão os cristãos...

À venda no Museu de Leiria e m|i|mo - museu da imagem em movimento.

O Menino do Lapedo

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
Edição: Barca do Inferno / Câmara Municipal de Leiria

Há muito, muito tempo, muito antes dos nossos bisavós, trisavós ou tetravós (mas não há tanto tempo como os dinossauros), o vale do Lapedo já era um sítio especial, que encantava todos os que por ali passavam. Não se sabe ao certo como tudo aconteceu, porque estas pessoas não sabiam escrever, ainda ninguém tinha inventado as letras e as palavras escritas que agora usamos, e as memórias vão-se perdendo, como uma receita que deixamos de cozinhar todos os dias. A terra que pisamos guarda os mistérios dos nossos antepassados.

À venda no Museu de Leiria e m|i|mo - museu da imagem em movimento.

Nós

Narciso Costa, Luís Fernandes, Lino António e António Varela

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
Edição: Barca do Inferno / Câmara Municipal de Leiria

Nós somos os artistas de Leiria, afirma Lino António quando pinta o quadro Nós: um retrato do seu grupo de amigos. Narciso Costa, António Varela e o próprio pintor parecem perdidos nos seus pensamentos, só Luís Fernandes olha para nós. Por que não escolheu Lino António o castelo para representar a cidade?

À venda no Museu de Leiria e m|i|mo - museu da imagem em movimento.

Saber mais

Amadeo de Souza-Cardoso

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
maio de 2018

De espírito inquieto, com mais fases do que a lua, Amadeo trabalha incessantemente novas soluções para a sua pintura. Se o importante na arte não é a imitação da natureza, será possível eliminar o tema e pintar pensando apenas nas formas e nas cores?

Saber mais

Helena Almeida

Texto: Mafalda Brito
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
maio de 2018

Plano Nacional de Leitura

Helena Almeida mantém o seu olhar de pintora, mesmo quando faz fotografias ou vídeo. Nas suas primeiras pinturas, a tinta já quer sair da tela, quer ocupar outros espaços, precisa de se espreguiçar, mas está presa nos limites do quadro. Rapidamente, estas pinturas transformam-se em objetos...

Saber mais

A pequena rã da boca grande

Texto: Francine Vidal
Ilustrações: Élodie Nouhen
Tradução: Suzana Ramos

A pequena rã da boca grande é um conto popular que, em França, encontrou o seu espaço entre os clássicos da literatura para a infância. É a história duma rãzinha com uma grande bocarra que, um belo dia, enjoada com o seu menu de moscas e mosquitos, decide partir à descoberta de novos sabores...

Saber mais

O nariz

Texto: Nikolai Gogol
Ilustrações: Evelina Oliveira
Tradução: Tânia Simões
Plano Nacional de Leitura

Divertido e desconcertante, O nariz é um conto do absurdo em que a fantasia se insere de tal forma na realidade que passa a integrá-la. Um clássico da literatura russa, editado pela primeira vez em 1836, que se mantém actual abordando aspectos fundamentais como a identidade, a vida em sociedade e a relação do indivíduo consigo e com os outros.

Saber mais

O homem da gaita

Texto: José Afonso
Ilustrações: Rui Pedro Lourenço
2.ª edição

Plano Nacional de Leitura

Vai de folia! Vai de folia! Numa terra cinzenta e sem alegria, onde cada um vive mergulhado nas suas preocupações, um homem tem o condão de pôr toda a gente a dançar. O homem da gaita, canção que faz parte do álbum Com as minhas tamanquinhas editado em 1976, é a versão criada por Zeca Afonso para contar esta história tradicional portuguesa. 

Saber mais